Plataforma SporTI MultiSports
Gestão Esportiva - 20/05/2019 às 12:05:37
A TECNOLOGIA TRAZ POSSIBILIDADES DE NOVOS NEGÓCIOS PARA O ESPORTE
Cresce o número de empresas que criam negócios inovadores voltados para o esporte

Por JÚLIA ALVES
BELO HORIZONTE, MG
A tecnologia está mais presente na experiência do torcedor, do atleta e dos gestores no esporte. (Foto: Matthew Henry)
As barreiras estão sendo quebradas e, aos poucos, o esporte está abrindo as portas para o uso cada vez mais frequente da tecnologia. A análise de desempenho avançada dos atletas e relatórios profundos de performances coletivas são possíveis pelo uso de equipamentos sofisticados e sistemas modernos que já estão fazendo parte do dia a dia do esporte de alto rendimento há algum tempo.

O suporte do aparato tecnológico também está transformando a arbitragem em várias modalidades, inclusive no futebol que é umas das mais resistentes a mudanças. Com a influência da modernização, a forma de produzir roupas, sapatos e outros objetos esportivos também evoluiu nos últimos anos. E ainda há espaço para muito mais em diferentes segmentos!

O uso da tecnologia não impactou apenas os atletas ou pessoas envolvidas diretamente com o jogo, mas também abriu possibilidades para o mercado de esportes, trazendo interatividade e novas oportunidades de negócios com pessoas do mundo todo. A área esportiva se tornou um prato cheio para empreendedores desenvolverem projetos inovadores, que possuem a capacidade de transformar a nossa realidade. É nesse contexto que surgem cada vez mais sportechs, startups que criam soluções para o esporte.

Um levantamento feito na Europa mostra que o continente possuía mais de mil sportechs até 2018 e o capital investido atingiu um novo recorde com cerca de 135 milhões de Euros em 2017, um valor três vezes maior em relação a 2013. A América Latina ainda está atrás dos EUA e da Europa no número de sportechs, mas algumas veem se despontando nesse mercado. A Netshoes, por exemplo, surgiu no ano 2000 com uma nova proposta de comercialização de artigos esportivos. Atualmente ela é considerada o maior e-commerce do setor da América Latina e foi vendida, no fim de abril, por 62 milhões de dólares para a Magazine Luiza.

O estado de Minas Gerais, que concentra 12% do total de startups do Brasil de acordo com a ABStartups e possui grande relevância esportiva, também possui algumas sportechs que veem se destacando. Criada em 2016 com sede em Belo Horizonte, a SporTI cria soluções para a gestão do esporte. Uma das primeiras soluções desenvolvidas pela startup é a Plataforma SporTI, para gerenciamento de competições e eventos esportivos, que é utilizada pela Confederação Brasileira de Futebol 7 e dezenas de outras organizações esportivas em todo o País. Já são mais de 30 mil usuários em todos os estados brasileiros distribuídos em 30 modalidades esportivas.

A SporTI usa a sua expertise em soluções tecnológicas para o desenvolvimento de novos projetos em gestão esportiva. Hoje o Cruzeiro Esporte Clube é um dos parceiros da SporTI e juntos estão criando produtos que têm como objetivo encurtar a distância dos torcedores e associados a produtos e serviços do clube. A startup também é a organizadora da Startup Cup, o maior campeonato de futebol do Brasil entre integrantes de ecossistema de empreendedorismo e inovação.

Os primeiros resultados vieram sem nenhum investidor externo. Agora a SporTI abriu a sua primeira rodada de investimento, buscando o valor total de 500 mil reais. A startup escolheu a modalidade crowdfunding, ou também conhecida como financiamento coletivo, por possibilitar que qualquer pessoa possa participar com um valor acessível. Cada cota do crowdfunding custa 500 reais e o investidor pode comprar quantas desejar.

SporTI

A SporTI é uma startup mineira, criada em 2016, que une tecnologia à gestão esportiva. A SporTI foi uma das 40 startups selecionadas entre as 1.073 inscritas para a quinta rodada do SEED, o maior programa público de aceleração do País, e encerrou entre as cinco startups com melhores resultados. Saiba mais sobre o crowdfunding da SporTI aqui.

publicidade