FEDERAÇÃO MINEIRA DE FUTEBOL AMERICANO FEDERAÇÃO MINEIRA DE FUTEBOL AMERICANO FEMFA
Notícia - 18/01/2019 às 17:05:09
MINAS PASSA A TER UM TRIBUNAL DE JUSTIÇA NO FUTEBOL AMERICANO
Estado conta agora com um tribunal especializado apto a julgar os casos desportivos que envolvam o esporte da bola oval.

Por GUILHERME PEDROLLI
BELO HORIZONTE, MG
Os membros do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mineira de Futebol Americano (Femfa), tomaram posse na última sexta-feira (26). (Foto: Divulgação)
Na última sexta-feira (26), foram empossados os membros do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mineira de Futebol Americano (Femfa). A modalidade ganha, pela primeira vez na história do esporte em Minas, um tribunal especializado apto a julgar os casos desportivos que envolvam o esporte da bola oval.

Entre os membros estão juristas especializados no Direito Desportivo, sendo presidida por Gustavo Lopes Pires de Souza. A posse ocorreu na sede do escritório de advocacia DN&C Advogados, na Av. Raja Gabáglia, 1617 - 7º andar, local onde também serão julgados os casos que entrarem em pauta.

Presidente da Femfa, Abraão Coelho comemorou muito a criação do órgão. “Desde que retomamos os trabalhos na Federação em 2016 permanecemos na vanguarda do Futebol Americano nacional, com grandes eventos, novas equipes, nível técnico em ascensão e agora também nos adequando à legislação vigente. Agradecemos aos colaboradores que tornaram esse momento possível e a todos os entusiastas do esporte e do direito desportivo que assumiram o desafio de fazer o futebol americano em Minas uma referência nacional”, disse o dirigente

O TJD/MG-FEMFA, sigla pela qual será chamado o órgão, já passará a atuar no Campeonato Mineiro de 2018. E sua composição é a seguinte:
  • Gustavo Lopes Pires de Souza (Presidente)
  • Nathália Alvares Campos Fontão (vice-presidente)
  • Mariana Janaina Bernardes Rosignoli (Auditor)
  • Lucas Allyson dos Santos (Auditor)
  • Davidson Malacco Ferreira (Auditor)
  • Fellipe Eduardo Franco e Fraga Gerçossimo (Auditor)
  • Luiz Eduardo Mucelli Parreiras (Auditor)
  • Fernando de Vasconcellos Portugal Torres (Auditor)
  • Leondenes Camargo (Auditor)
  • Felipe Falcone Perruci (Procurador Geral)
  • Carlos Ramalho (Secretário Geral)
Fonte: O Tempo.
publicidade